Gravidez

A gravidez é um período que compreende entre a última menstruação da mulher e o nascimento de seu filho. Na prática, sabemos que isso muitas vezes ultrapassa os famosos nove meses, já que o casal se programa mesmo antes de engravidar!

O desejo da gestação deve ser acompanhado com o início de suas consultas pré-natais, em que o obstetra irá recomendar vitaminas, orientar o período fértil, além de alguns exames que irão garantir a segurança durante esse período tão importante.

O atraso menstrual é o principal sinal de gravidez, porém a confirmação será com o exame de sangue através da pesquisa da unidade beta do hormônio Gonadotrofina Coriônica (B-HCG) e posteriormente, uma ultrassonografia para visualizar o embrião e confirmar a idade gestacional.

A data da última menstruação é de extrema importância para datar a idade gestacional, mesmo antes da ultrassonografia, pois com ela podemos calcular a data de concepção e a data provável de parto (40 semanas).

O aumento da progesterona no início da gestação pode causar algumas alterações maternas. E as principais são sonolência e enjôos. Podendo também trazer azia, voz anasalada, inchaço entre outros. São alterações comuns na mulher durante a gravidez: labilidade emocional, alterações na coloração da aréola e mamilo, ganho de peso, estrias, manchas na pele, atraso no esvaziamento gástrico, lordose e outras.

As ultrassonografias devem ser realizadas conforme orientações medicas, e em geral, são feitas em alguns momentos fundamentais: no primeiro trimestre (entre a 7 e a 14 semana para avaliar idade gestacional e investigação de anomalias fetais), no segundo trimestre (entre 20 e 24 semanas para investigar má formação fetal) e no terceiro trimestre (com o intuito de avaliar ganho de peso fetal e função placentária).

Exames de ultrassom realizados muito precocemente podem não visualizar o embrião ou o batimento cardíaco embrionário, que devem ser vistos com toda a certeza a partir de 7 semanas de idade gestacional, gerando ansiedade e insegurança materna.

Dra. Fernanda Rosa Delli Paoli

Graduada em medicina, formada em 2006, cursou o programa de Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Pérola Byington no período de 2007 a 2009. Fez Pós-graduação em Oncologia Pélvica pelo Hospital Pérola Byington, em 2010. Realizou especialização em Patologia do Trato Genital Inferior (PTGI) pela Faculdade de Medicina do ABC e pela Faculdade de medicina da USP. Completou sua especialização com Pós-graduação em Sexualidade Humana pela Faculdade de medicina da USP. Em 2012 obteve o Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO e, em 2013, conquistou Título em PTGI e Sexualidade pela mesma sociedade.