Líquen

O Líquen é uma doença inflamatória de causa desconhecida que atinge a pele e mucosas, podendo assim atingir a vulva, vagina e ânus. É uma doença benigna, porém de longa duração e muito incômoda devidos aos sintomas.

A etiologia desta patologia está ainda longe de ser explicada, são muitas as teorias propostas, mas nenhuma conclusiva.

O líquen pode ser diagnosticado em qualquer idade, embora seja mais comum na fase pré-puberal (infância) e na pós-menopausa.

Regra geral, as pacientes apresentam-se na consulta referindo prurido (coceira) ou ardor vulvar e/ou perianal, geralmente a coceira e ardor se intensifica no período noturno. Outras queixas possíveis são dispareunia (dor nas relações sexuais) e vulvodinia (dor espontânea na vulva), podem também ser referidos sangramentos vulvares ou perianais, quando há fissuras (cortes) da pele, nas crianças podem sentir ardor ao urinar ou dificuldades e dor para evacuar.

Em uma fase inicial a paciente percebe apenas a coceira que com o evoluir da doença passa a causar atrofia do órgão genital. Essa atrofia é habitualmente mais marcada a nível dos pequenos lábios e clitóris, podendo levar ao seu total apagamento. O resto da pele apresenta um aspecto atrofiado, brilhante e frágil, facilmente estaladiça e perda de pigmentação (tornando-se esbranquiçada). A complicação mais frequente do líquen é a infecção local, devido as alterações anatômicas na pele as bactérias e fungos encontram local propício para se multiplicar causando infeções.

Outra complicação rara e temida é o câncer de vulva, motivo pelo qual pacientes com este diagnóstico devem ser acompanhadas com rigor pelo seu ginecologista.

O líquen é uma doença incurável, porém tratável, os objetivos do tratamento incluem o alívio dos sintomas, prevenir as deformações anatômicas, a transformação maligna e a base do tratamento é o uso de corticoides tópicos.

Por ser uma doença autoimune pode estar associada a outras como vitiligo, alopecia areata, patologia tiroideia, diabetes mellitus, anemia perniciosa, penfigóide, cirrose biliar primária, lúpus eritematoso sistémico, lúpus panniculi e polimialgia reumática.

 

São diagnósticos diferenciais de Líquen:

  • Psoríase;
  • Dermatite irritativa;
  • Dermatite alérgica;
  • Dermatite seborreica.

Dra. Fernanda Rosa Delli Paoli

Graduada em medicina, formada em 2006, cursou o programa de Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Pérola Byington no período de 2007 a 2009. Fez Pós-graduação em Oncologia Pélvica pelo Hospital Pérola Byington, em 2010. Realizou especialização em Patologia do Trato Genital Inferior (PTGI) pela Faculdade de Medicina do ABC e pela Faculdade de medicina da USP. Completou sua especialização com Pós-graduação em Sexualidade Humana pela Faculdade de medicina da USP. Em 2012 obteve o Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO e, em 2013, conquistou Título em PTGI e Sexualidade pela mesma sociedade.